domingo, 19 de outubro de 2014

Entrada para o 'Olimpo'

Monte Olimpo/Mitologia Grega

Vagner; Marrone, Antonio Carlos, Pablo e Thiago Carleto; Eduardo Costa, João Felipe, Eduardo Neto e Marquinhos; Anderson Lopes e Bruno Mendes.
Com mudanças na meia cancha e nas laterais, esse é o time de Geninho para enfrentar a Ponte.
O técnico na entrevista após a derrota no último jogo já indicava a necessidade de mudar a equipe titular Avaiana. E pelos treinamentos da semana, podemos ver que mudou.

Nossa torcida é para que os jogadores (todos) continuem respeitando e acatando as determinações técnicas, mantendo-se focados na luta pelo acesso.
Não vai ser fácil!
Mas não vai ser fácil pra nenhum time que está atualmente no G5. 
Cada ponto cada, cada vitória será de importância vital pra continuar subindo  o 'Olimpo'. 
'Zeus' só permite a entrada de 4.
Um dos cinco vai ficar fora desse 'Monte'!

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Recado do 'dono da bola'

Foto do Marquinhos: Jamira Furlani
Foto da Bandeira: KkDePaula
Montagem: Larissa Poeta/DNAzul


"Esse não pode ser um ano a mais na vida dos jogadores, eles de repente não vão ter essa oportunidade de um acesso, uma equipe grande e para a carreira do jogador vai ser importante. Depois que eu subi com o Avaí eu fiz os meus melhores contratos. E os jogadores que ficarem, no mínimo vão dobrar os salários em caso de acesso. A gente tem que se concentrar um pouco mais, acatar o que o treinador fala, ele passou por isso tudo e o desfecho dele sempre foi feliz." M10

Sai da frente da TV, vem para luz-Azul


AVAIANO(A) sai da frente da TV, vem para luz/Azul #RessacadaLotada

Boa notícia com carimbo de Doutor

Foto: Andre Palma Ribeiro/Avaí FC

A boa notícia, pós derrota, tem carimbo de Doutor. 
Explico: O departamento médico do Avaí confirmou a liberação  de Marquinhos e Eduardo Costa. 
Os dois atletas já estão aptos fisicamente para enfrentar a Ponte Preta. 

Nessa reta final é essencial que Geninho tenha em mãos a totalidade do seu elenco. 
Ainda mais se tratando de dois jogadores do nível do nosso meia e do nosso volante. 
Roberto continua em tratamento  por um prazo de dez dias. Uma pena! 
É um jogador que pode mudar o ritmo de uma partida. Vamos ter que fazer os próximos jogos sem usar a velocidade desse atacante.

Após a derrota na última terça-feira, Geninho apontou para a necessidade de mudanças no time.
O técnico com certeza sabe em que setores está a queda de rendimento do time.
Estamos na briga, temos chances de aparecer entre os quatro finalistas ao final do campeonato. 
Essas chances passam pela competência da comissão técnica e de seus jogadores; pela atuação fora de campo da Direção Avaiana e pela presença da torcida em jogos na Ressacada.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Nota da Mancha Azul: Publico porque concordo



Publico abaixo, na integra, nota oficial da torcida organiza Mancha Azul.
Publico porque concordo totalmente com ela.


Nota Oficial

Caros interessados,

Como já é de conhecimento público e notório, a Torcida Mancha Azul instituiu nas últimas semanas a campanha contra a violência, Futebol sem violência – Faça parte dessa corrente. No entanto, conforme noticiado nos últimos dias por meio da imprensa, o respeitável Ministério Público de Santa Catarina, considerou como melhor solução, impor às principais Torcidas Organizadas do estado, punição de adentrar aos estádios identificadas. Trata-se de nova punição que já foi aplicada outras vezes, sem qualquer efeito prático eficaz que combata de fato a violência. A punição, mais uma vez, limita-se a vedar a entrada dos materiais das Torcidas Organizadas nos estádios.
Cabe informar que, desde que teve fim a última punição imposta, a Torcida Mancha Azul manteve-se isenta de qualquer confronto e tumulto a que tenha dado causa. Todos os eventos que por ventura tiverem tido a participação de integrantes da Torcida Mancha Azul, foram em legítima defesa e tal condição pode ser facilmente comprovada por meio de relatórios e boletins de ocorrência confeccionados pelas próprias autoridades.
Tal punição surge como resposta à pressão da imprensa e sociedade que anseiam pelo fim da violência. Resposta, no entanto, precoce e sem qualquer efeito prático. Ademais, retirar a identificação da Torcida Organizada, dificulta ainda mais o controle dos respectivos integrantes, tanto por parte da Polícia Militar, quanto para os próprios líderes de torcida.
Considerando o empenho e esforço da Torcida Mancha Azul nesta empreitada, a Diretoria Executiva da Torcida resolveu por bem externar e divulgar proposta feita às autoridades da Segurança Pública Catarinense no início de 2014.
Após reunião entre diretores da Torcida Mancha Azul à época, restou formulada proposta de Conferência entre as Torcidas Organizadas de Santa Catarina, mediada por autoridades estatais, com o fim de coibir e erradicar a violência.
Referida proposta foi apresentada, em meados de fevereiro de 2014, às autoridades representantes do Ministério Público de Santa Catarina e Polícia Militar de Santa Catarina, cujos receptores prometeram se empenhar na causa. 
Segue, abaixo, cópia da Proposta de Conferência apresentada às autoridades, com as explicações e detalhamentos necessários.

A Torcida Mancha Azul tentou aplicar exaustivamente nos últimos meses política de aproximação de integrantes da Torcida e autoridades da segurança pública, tentativas todas frustradas, sem qualquer retorno eficaz. Cabe salientar por fim, que a Torcida Mancha Azul não recebeu qualquer tipo de notificação ou citação oficial sobre a punição aplicada, pelo que permanecerá com suas atividades regulares dentro e fora dos estádios catarinenses. Sem mais para o momento, aproveita-se o ensejo para renovar os votos de estima e consideração para com aqueles que realmente têm interesse na resolução da causa.

Att,
Presidente Executivo
Torcida Mancha Azul

É, caríssimo!

Foto: Jamira Furlani/Avaí FC


Chegou a hora do 'Leão' beber água!
Pois é necessário ter folego e se energizar pra dar o melhor de si.
Hora de exercitar, com toda força, o papel desempenhado por cada um de nós: Torcedores, Atletas, Comissão Técnica e Dirigentes. 
Caso contrário vamos caçar bruxas ao final desse ano, como aconteceu ano passado. E que não nos leva a nada. Pois o ano findou e o leão foi pro brejo.

O Avaí está na luta pelo acesso e com chances reais, assim como outros Clubes estão. 
O que queremos, ao findar o ano subindo ou não, é a certeza de que lutamos até o fim pelo nosso objetivo e que nada fora do campo nos derrotou.
O Elenco é esse; o Técnico é bom; a Torcida é apaixonada e os Dirigentes colocaram os salários em dia dando tranquilidade para que o trabalho seja feito.

Os jogadores, TODOS, precisam focar e se dedicar em campo; o técnico já detectou onde a coisa descambou e tem feito um excelente trabalho; a presidência pagou os atletas, e os apaixonados torcedores...  
Estão comparecem na média de 4.000 por jogo na Ressacada. 
Aqui precisa ser feito algo urgentemente. 
Faltam poucos jogos e a  média é baixa, muito baixa.
Vamos pra Ressacada, vamos nos associar, vamos empurrar o Avaí.
Não é nada barato fazer futebol, ainda mais quando se disputa uma segunda divisão.
É, caríssimo! 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Hoje está difícil de engolir



Se me deixar levar pela irritação, e a preguiça que dela decorre, eu poderia apenas resumir a derrota usando aquela conhecida máxima do futebol: "Quem não faz, leva!"

Nos noventa minutos do jogo o nosso time mostrou que mesmo com tantos desfalques poderia vencer o jogo. Tocou a bola no primeiro tempo, no segundo tempo Diego Jardel criou duas chances claras de gols que Bruno Mendes perdeu. 
Isso durante os noventa minutos, mas nos descontos a irônica  'gorduchinha'... 

O Atlético/Go marcou dois gols.
O primeiro gol foi em decorrência de uma cobrança de escanteio após uma linda defesa do Vagner e o segundo, foi uma falha do mesmo Vagner na saída de bola.
Mesmo perdendo de dois a zero, Bruno Maia esteve bem na zaga ao lado de Pablo. Diego Felipe ainda não voltou a jogar um bom futebol, Anderson Lopes muito individualista e Bocão... Ah, o Bocão!!!

Uma derrota pra ser lamentada pois mesmo com desfalques, o Avaí teve muitas chances de vencer essa partida e os dois próximos jogos serão contra times que estão no G4.
Mas como o Avaí faz côsa... 
Hoje fez 'côsa' que doeu, quem sabe nos dois próximos jogos faça 'côsa' que nos cicatrize e faça   essa derrota passar pela nossa garganta. Hoje está difícil de engolir.


Vamos pro jogo, Leão!

Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC


Que o nosso Avaí faça um bom jogo em Goiânia;
Que o nosso time lute pelos 3 pontos até o último segundo;
Que o árbitro seja o menos notado em campo;
Que o nosso ataque seja efetivo;
Que os laterais acertem atrás e na frente;
Que a nossa meia cancha seja a dona do jogo;
Que a defesa seja uma barreira intransponível (e continue fazendo gols);
Que Geninho seja o nosso  Geninho.
Se não der pra ter tudo isso:
Que o nosso elenco supere todos os reveses, desfalques e desconfianças
e na Raça Avaiana conquiste a vitória.
Isso é o que importa.
Raça!
Vamos pro jogo, Leão!
#VaiTodaVidaAvaí

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Os 'Velhos-meninos-Avaianos'

EC05 e M10 assistindo os minutos finais do clássico (com vitória avaiana) na arquibancada
após deixarem o gramado. 

Como o técnico Geninho já havia nos alertado (lei post anterior), o Avaí perde para o próximo jogo Marquinhos Santos e Eduardo Costa por forte dores nos joelhos. 
(Costa já luta contra esse problema a mais tempo)
Marquinhos e Edu Costa vem jogando no sacrifício e essa parada é essencial para recuperar os jogadores para a disputa da reta final desse campeonato.
Os dois vem demonstrando muita vontade e disposição e isso nos anima a acreditar que farão tudo que for necessário para uma recuperação que os traga de volta o mais breve possível.
Mesmo sendo os jogadores com mais idade, o futebol dos dois não pode ser dispensado tanto pela qualidade técnica quanto por ter o Avaí, esse ano, um elenco enxuto.
Preservar os dois e dar condições físicas aos  'velhinhos' é necessário para que nada  os impeçam de mostrar seu futebol e sua garra nos jogos que estão por vir, e isso pode ser essencial para o desempenho Avaiano em campo.

Que os dois 'Velhos-meninos-Avaianos' possam estar de volta ao gramado em breve é o desejo de toda a torcida Avaiana. Com certeza vamos precisar da qualidade e do inteligente futebol do M10, e da qualidade e experiência do futebol do EC5. Sem falar na raça e no DNA dessa dupla.
Como nos ensina o  Japão (sempre tento seguir  os bons exemplos),   aprendi a respeitar e reverenciar a experiência e a sabedoria dos  mais velhos.

No próximo jogo vocês estarão com a gente sentados na 'arquibancada', torcendo.
Mas em breve, se Deus quiser,  levantam e vão direto para o gramado.
Vocês defendem as nossas cores como poucos, vocês são a torcida Avaiana no campo.
(Torcendo ou jogando, vocês são essenciais para o nosso acesso)
Força, meus queridos!