quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Atenção!

Coelhinhos e Brócolis amantes do tapetão


Atenção imprensa, anônimos, blogueiros e secadores:
O Avaí não estava sendo julgado, muito menos a confirmação do nosso acesso.
O nosso Avaí 'come grama' não tapete. Nossas conquistas são em campo.
Boa tarde!!!
‪#‎DeitaNoTapetePraChorar‬

Contratação do Leão



Avaí fechou com Edinho, meia que atuou pelo Fortaleza esse ano:

"A informação foi dada pelo gerente de futebol do Tricolor, Júlio César Manso. O empresário do atleta, Eduardo Uram, foi quem deu a informação ao presidente do clube, Jorge Mota.
O próprio Edinho também confirmou a informação à diretoria tricolor. Há mais de 20 dias, o empresário do ex-camisa 8  leonino havia declarado que o atleta não ficaria no Fortaleza em 2015. Isto só ocorreria caso o time tricolor tivesse conseguido o acesso à Série B do Brasileiro."
Fonte: Blog Mercado do Futebol

Nota da blogueira: 
Agora vai jogar no Leão verdadeiro. Cansou do fake
Se for confirmado, oficialmente, seja Bem Vindo Edinho!



quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Prepara o parquinho, vizinho!

Dão comemorando no Scarpelli a classificação Avaiana


Como Avaí e Figueirense estão na mesma chave da Copa do Brasil, se os dois times passarem pelo primeiro jogo, se enfrentam em mais um clássico em 2015. 
Teremos assim clássicos no Estadual, no Brasileirão e na Copa do Brasil.
Será a segunda vez que acontece um clássico Catarinense (o único possível) na Copa do Brasil.
Em 1999 o Avaí desclassificou o rival vencendo no Scarpelli por dois a um, com dois gols do Dão e no jogo de volta, empate em 0 a 0.
Claro, estamos na torcida para que aconteça esse clássico na Copa do Brasil 2015, mas cá entre nós:
- Que azar 'doladelá'.
- Prepara o parquinho, vizinho!

sábado, 13 de dezembro de 2014

2014 ----> 2015



Ainda sob o efeito do acesso e pela boa impressão deixada pela Direção Avaiana na reunião que compareci, como convidada, do Conselho deliberativo do Avaí, estou curtindo a felicidade que o Clube nos proporcionou esse ano.
Como Avaiana sofri muito com a descarrilada que o nosso time deu no ano passado.
Foram tantas coisas que contribuíram para isso acontecesse, que fiquei apreensiva de tudo que poderia nos acontecer em 2014. Eu sabia o quanto seria difícil para a atual diretoria administrar o fracasso no campo, as dívidas, a ausência do torcedor, a montagem de um elenco e os salários atrasados.

Com um política descentralizada, com os pés no chão e com muita sorte em 2014, o Avaí tem tudo para continuar nos trilhos em 2015. 
A sorte bateu duas vezes em nossa porta:
A primeira quando da desapropriação feita pelo Estado de uma pequena parte do nosso terreno;
e a segunda, misturada com a competência do Geninho e de alguns jogadores do elenco, vencemos os últimos jogos e contamos com a sorte dos resultados de nossos adversários nos favorecer diretamente no último jogo do ano.
2014 termina com o sonho do acesso realizado, com a saúde financeira deixando a UTI e com perspectivas de que 2015 possa ser mais azul em todas as áreas administrativas do Clube e no campo.

Quatro coisas precisam ter o foco e o trabalho para voltamos a ter uma saúde financeira estável:
1- Aumento do quadro social;
2- Valorização das categorias de base - aproveitar os nossos 'meninos' no profissional;
3- Patrocínio Master;
4- Permanecer na série A.

O quadro social nós- torcedores - precisamos deixar mais próximo, em números, da grandeza do Avaí Futebol Clube.
Associe-se!
As outras três coisas: Cabe a Diretoria, ao Departamento de Futebol e aos jogadores.
A Direção tem nos dado e mandado sinais de que está administrando o Clube com transparência e seriedade. 
O Departamento de Futebol vai ter que saber montar um elenco (esse ano foi mal montado), e também aproximar mais a base do time profissional.  
Aos jogadores cabe raça, foco e disciplina de atletas dentro e fora do campo.
- Feliz muito feliz nesse final de ano, mas 2015 precisa muito de cada um de nós.


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

'Pinceladas' sobre a Reunião de hoje do CD

Mesa Diretora do Conselho com a presença ilustre de N.S. da Ressacada
Foto: Kaká De Paula


Essa noite estive presente na Reunião do Conselho Deliberativo que contou com a presença do Presidente e do Vice Presidente do Avaí.
Primeiro quero agradecer a mesa diretora e a todos os  conselheiros pela iniciativa de convidar os sócios.
Preciso descrever o clima e o astral da reunião???
Então tá!
- Padrão série A.
Mas, a Diretoria Avaiana, continua com a política dos pés no chão e consciente de que a conquista do acesso não trás apenas facilidades, trás também uma luta mais forte e árdua para a conquista de novos sócios; a busca de reforços num mercado inflacionado, na manutenção da política de austeridade e de ações que visem sempre a aproximação com o torcedor.

Algumas pinceladas do que foi dito e aprovado na Reunião de hoje:
-  Proposta da direção de manter os valores das mensalidades e dos ingressos foi aprovada por unanimidade pelos conselheiros;
- O Clube termina o ano com posse de todas as CNTs (Certidão Negativa Trabalhistas);
- Está com os salários dos colaboradores e jogadores, assim como o décimo terceiro, totalmente em dia;
- Divida de parcelamentos bancário quitada;
- Não houve nenhuma venda de terreno do Avaí, houve sim uma desapropriação feita pelo Estado de Santa Catarina e os valores já foram recebidos pelo Clube.

Elenco:
- não serão renovados os contratos de 17 jogadores;
- 7 garotos da base vão se integrar ao profissional;
- serão contratados jogadores para 3 posições, com prioridade para um camisa 9, já para a disputa do estadual;
- o teto salarial do Avaí será de no máximo 60 mil reais ( se o Geninho encontrar e indicar um camisa 9 que passe desse teto, somente nesse caso,  o Avaí abrirá uma exceção e trará um jogador com salário acima do estabelecido) ;
- nenhum atleta será contratado pelo Clube sem o aval do técnico Geninho e do Dr. Funchal.

Novo Estatuto:
- Está sendo enxugado e copilado e deve ser apresentado ao Conselho para os ajustes finais que os Conselheiros acharem necessários no primeiro semestre de 2015. Para posterior apreciação  pela Assembléia Geral de Sócios.

"O melhor investimento que se fez em 2014 foi a contração do técnico Geninho." declarou Francisco Battistotte - Vice Presidente do Clube

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Montagem do elenco

As especulações continuam e isso é normal a cada ano que finda.
Não vou dar opinião sobre quem deve vir, mas peço que a montagem do elenco para 2015 seja feita dando atenção não apenas ao salário do jogador ou ao nome do seu empresário, mas principalmente na qualidade no profissionalismo dos atletas e nas suas posições dentro de campo.

Esse ano o nosso elenco teve problemas na sua montagem seríssimos, tanto em posições que estivemos totalmente carentes (laterais e centro avante), quanto na qualidade duvidosa de vários jogadores dentro e fora de campo)
Se tivemos problemas jogando a série B, imagina jogando a série A.

Minha avaliação de alguns jogadores que chegaram no Avaí em 2014:
Vagner nota 8,5 ( bom goleiro - vai ser melhor, ainda é jovem)
Bocão nota 0,5 (acertou um cruzamento)
Carleto nota 3,0 fez um gol
Antônio Carlos nota 7,5
João Filipe nota 5,0
Diego Felipe nota 5,5 (notas boas nas primeiras provas, depois parou de estudar e descambou)
Júlio Cesar 4,5
Eduardo Neto nota 6,0 (como volante)
Willen 0,0 (sem comentários)
Héber 0,0 (sem comentários)
Jean 0,0 (sem comentários)
Desses eu ficaria com Vagner, e Antonio Carlos

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

"Azul é seu manto Branco é seu véu"



Hoje fui na missa de Nossa Senhora da Imaculada Conceição. 
Fui agradecer tantas coisas boas que tenho na minha vida e claro, o acesso do Avaí. 
A primeira música cantada na igreja foi: "AZUL é seu manto BRANCO é seu véu. Rainha eu quero ver-te lá no céu" .
E os padres que rezaram a missa estavam vestindo... Adivinha? 
AZUL e BRANCO. Perfeito! 
(Promessa feita, promessa cumprida)

domingo, 7 de dezembro de 2014

Sócios convidados para Reunião do CD

Mesa Diretora do Conselho Deliberativo: Décio Sardá Jr-Edmundo Neto-Alessandro Abreu e Spyros Diamantaras


Dia 10 haverá reunião do Conselho Deliberativo do Avaí.
Numa iniciativa da mesa Diretora do Conselho, os sócios são convidados.
Como é bom ver o nosso Clube abrindo as portas do Conselho para que os seus sócios possam participar como ouvintes das questões que estarão sendo apreciadas e discutidas no Conselho.
Sem intermediários, vamos saber diretamente na fonte, como o nosso Avaí sobreviveu a hecatombe que se anunciava diante de tantas dívidas que a direção teve que administrar e da frustração que 2013 nos trouxe, para a mudança radical de ares  e esperança de dias melhores com acesso conquistado. 
Claro que não seremos convidados para participar de todas as reuniões, mas quem sabe ao menos uma vez por ano possamos ser ouvintes partícipes e receber as informações sem atravessadores. 
A transparência da relação entre Clube e torcedor vai tornar tudo mais fácil, deixando o sócios mais conscientes das dificuldades,  das perspectivas e do que precisa e pode ser feito para que o Avaí avance sempre para dias de glórias.
Sabedores e partícipes, podemos arregaçar as mangas e ajudar ao Clube, de acordo com as possibilidades de cada um de nós, além de compor o quadro social e de comparecer aos jogos.
Elogiável a iniciativa e me confesso extremamente feliz pelo convite.
- Estarei presente!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Olho neles, Presidente!

Entramos no período de  especulações no que diz respeito a montagem do elenco Avaiano para 2015.
Quem acompanhou aos jogos do leão sabe perfeitamente das limitações apresentadas nas laterais e no ataque.  Sem esquecer que Marquinhos comandou a criação na meia cancha sozinho. Muitas vezes indo além disso. Deu não somente assistências para gols (muitos perdidos por nossos atacantes), como marcou gols decisivos e voltou pra ajudar a defesa como se tivesse 20 aninhos.

Sabemos da importância de um elenco bem montado.
Além de dar condições para um futebol bem jogado, evita contrações e mais contrações durante as competições que só colaboram para inchar a folha.
Os jogadores da base precisam vestir a nossa camisa e o estadual é a competição perfeita para avaliar os garotos no profissional.

Temos dois bons goleiros, dois bons zagueiros, bons volantes e um meia que mostrou o quanto é importante fora e dentro do campo. Temos Roberto e Anderson Lopes que devem permanecer. 
Sendo assim precisamos de um camisa 9; zagueiros para compor elenco (se Pablo e Antonio Carlos permanecerem); laterais e laterais e um meia para jogar ao lado do Marcos. Rômulo mostrou que tem condições de acender aos profissionais e quem sabe ser o companheiro ideal para jogar ao lado do galego.

Presidente Nilton e seus diretores já mostraram que sabem sanear um Clube, agora nosso Departamento de Futebol precisa mostrar trabalho na composição do elenco para 2015. Sem gastança desenfreada (com certeza o presidente vai controlar isso), sem 'agradar' esse ou aquele empresário. 
'Comprar' requer sabedoria, principalmente quando começam a aparecer os 'Papais-Noel'.  
Um diretor de futebol que conheça o Clube e o futebol nacional vai ajudar Chico Lins, precisamos de um no Avaí.
Que se  gaste nosso suado dinheirinho com jogadores que saibam ser profissionais o ano todo e que saibam vestir a camisa do Clube com vontade de mostrar serviço e claro, raça.
Os caras que vão montar o elenco, juntamente com Geninho, são o primeiro passo no caminho certo para um 2015 sem sustos e atropelos.
- Olhos neles, Presidente!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Day after

E 2014 nos trouxe o acesso.
Impressionante como as 'côzas' acontecem no sul da ilha.
Começamos o ano sabendo, através de nosso Presidente, das dificuldades que seriam enfrentadas pela nova gestão.
Folhas atrasadas, dívidas trabalhistas, elenco enxuto e muita desconfiança no ar.
O Presidente pagou os salários atrasados e o Avaí termina o ano com a folha em dia e negociou sabiamente as dívidas trabalhistas.
Os jogadores Marquinhos e Eduardo Costa, os velhinhos safados do ano passando, jogaram  como sempre jogam: com o DNAzul que concebe os Avaianos;
Os números da participação do camisa 10 nessa série B 2014 são impressionantes;
Conseguimos o acesso jogando sem laterais e sem centro-avante.
Agora é manter os pés no chão, não deixar o olho crescer como aconteceu no ano de 2010. 
Ouvi a entrevista do Presidente no debate diário e gostei.
Suas respostas vem ao encontro do que penso e precisa ser feito daqui pra frente.
Se ele conseguir com que a base seja valorizada dentro do nosso Clube, que os nossso 'meninos' vistam a nossa gloriosa camisa antes de sair pelo mundo, será a grande vitória dessa gestão.
Cabe a nós, torcedores, transformar nosso quadro de sócios com números que correspondam a grandeza Avaiana ou seja, alcançar números que espelhem a confiança necessária para que essa gestão possa fazer 'Futebol'. 
Transparência, valorização da base, um diretor de futebol que conheça do riscado e do Clube, e pés no chão para o Clube;
Participação efetiva dos torcedores no quadro social e nos jogos.