domingo, 7 de fevereiro de 2016

Técnico e árbitro fracos em Camboriú

Foto: Luca Correia / Agencia RBS

Jogando contra o Camboriú o Avaí mostrou muito pouco, e no pouco que mostrou, foi ineficiente no ataque. Ineficiente porque teve já no primeiro tempo William injustamente expulso, e Raul Cabral leu mal o jogo a partir do momento em que o Camboriú também teve um jogador expulso.
Faltou ao nosso técnico coragem e ousadia para atacar o adversário.
Ficou jogando sem um centro avante em campo e as finalizações aconteceram, na maioria das vezes, de fora da área. Não havia um homem enfiado entre os zagueiros adversários porque nosso técnico não colocou ninguém ali.
Um jogo que o Avaí deveria jogar com uma postura mais agressiva, faltou ao nosso técnico colocar o Avaí taticamente para vencer o jogo.  Atuou como técnico de time muito, muito pequeno. Sabemos que o nosso Avaí tem limitações, mas tinha no banco jogadores que poderiam ter entrado mais cedo e mudado a postura do time. Errou por mexer tarde e errou ainda quando tirou Caio César e Rômulo. Não gostei nem do Raul nem do 'Amarelo' que apitou o jogo. Fracos!
Gostei do Caio, do Renato e do Renan. Esse ano temos goleiro!
Diego Jardel só não rendeu mais porque nosso técnico não ousou.
Jogo para trazer três pontos. Trouxemos um. 

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Sob a 'batuta' de Jardel: 4 x 0

Foto: Charles Guerra/Agencia RBS

Comandado por Diego Jardel o Avaí fez um boa partida diante do Metropolitano e goleou o seu adversário jogando em Palhoça.
Jardel fez dois, Rômulo e William completaram o placar diante de um Metropolitano frágil, mas a vitória também deve ser creditada as mudanças táticas que Cabral efetuou.
Claro que o ano apenas começou e tanto a derrota do primeiro jogo quanto a goleada de hoje, não serve de critério para se ter um raio X do nosso time para esse ano.
Golear é bom: dá moral, dá tranquilidade, dá segurança e deixa o clima no vestiário positivo.
Que o Avaí possa crescer durante a competição é o desejo sincero de todos os Avaianos, principalmente após dois Catarinenses onde disputamos o quadrangular do rebaixamento.
(Gostei de ver o nosso 'japonês' estrear diante da nossa torcida que festejou seu entrada em campo: Toshi vem aí e o bicho vai pegar!)
Força, Leão!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Venda do Rafinha: opinião de Flávio Félix

Rafinha assina contrato com o Vitória de Guimarães/Divulgação Vitória S.C.

Sobre a notícia da venda do atacante Rafinha transcrevo na integra a opinião do ex-presidente do Avaí Flávio Felix, que foi postada no Blog AvaiNews:

"A notícia do dia certamente será a venda do atacante Rafinha, da base avaiana, para Portugal, com o Avaí recebendo 600 mil euros. Não temos condições de avaliar se valia mais ou menos, pois até há pouco sequer tínhamos ouvido falar de seu nome. A princípio uma bela quantia e que só o futuro nos responder se foi uma boa negociação ou não.
O que nos deixa confusos nestas negociações do clube, é que sempre tem um empresário enriquecendo sem fazer força alguma. O Avaí, para faturar o valor, investiu dois ou três anos na formação de toda uma geração e comissões técnicas. Com certeza se outro não vingar, estaremos no prejuízo pois o custo da base é sempre alto. Mas é o risco empresarial.
Mas e o empresário dito dono dos outros 50% não vendidos? Investiu quanto? Comprou de quem? Por quanto? Quando? Qual seu risco? São perguntas que poderiam e serão feitas em todas as negociações passadas. Tudo muito sem transparência. Tudo nebuloso." Opinião de Flávio Felix, sócio e ex-presidente do Avaí.


domingo, 31 de janeiro de 2016

Leão não rendeu contra o Tigre

Diego Giaretta (D) comemora seu gol pelo Tigre Foto: Marco favero / Agencia RBS

Nosso time teve fraco desempenho em sua estréia no Catarinense.
Um primeiro tempo onde novamente a nossa defesa deu um gol para o adversário, assim como foi no jogo contra o Grêmio pela primeira liga, o Avaí não se achou em campo.

Sem ameaçar efetivamente o time de Criciúma o Avaí voltou para o segundo tempo com pouca criatividade, um pouco mais de posse de bola, mas sem levar perigo ao gol adversário. A única bola perigosa foi uma cobrança de falta do Jardel que bateu na trave. 

Um time que tem centro avante matador em campo como o William, precisa ter jogadas que faça a bola chegar nesse jogador. O Avaí não conseguiu fazer isso durante todo o jogo.
Foi o goleiro Avaiano que fez duas defesas milagrosas em contra ataques do Criciúma.
No último minuto de jogo Tauã recebeu falta na área, mas Heber R. Lopes nada marcou.

Raul mexeu tarde, o time não rendeu, mostrou muito pouco mesmo em sua primeira partida no Catarinense. Falta muita coisa. Mas se for pra jogar com esse elenco, é melhor sair jogando com Lucas de Sá, porque não tem ninguém melhor do que ele no elenco. A defesa vai precisar melhorar e muito, principalmente a nossa lateral esquerda.

sábado, 30 de janeiro de 2016

Solta os Leões criados em casa, Raul!



O Campeonato Catarinense começa nesse sábado.
O nosso Leão entra em campo amanhã contra o Criciúma.
Que Raul não deixe de apostar nos nossos 'meninos', é o meu desejo.
E apostar cada vez mais em mais deles.
Se não foi uma perfeição contra o Grêmio, e nem poderia ser porque o ano está apenas começando, não faltou vontade, recuperação, superação e muita esperança de que nosso garotos se firmem no time titular.
Errar todos os jogadores erram. O que importa é ter raça, vontade de crescer, mostrar futebol, suar a camisa e ter DNAzul. Isso não vai faltar para jogadores formados no Clube.
Solta os Leões criados em casa, Raul!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

'Azarão' com juba



Mesmo com todas as dificuldades na escalação e problemas extra campo, o Avaí conseguiu um empate contra o Grêmio pela primeira partida da Copa Sul Minas Rio/Primeira Liga.
Cabral não pode contar com 3 jogadores titulares por não constar no BID; um semana de problemas internos para a Presidência (que precisam ser cobrados e resolvidos imediatamente); um time com vários jogadores da base, inclusive na zaga, buscou duas vezes o resultado adverso e mostrou que tem jogadores com qualidade. 
William deixou o seu (um golaço), Lucas de Sá mostrou que conhece do riscado e participou com um belo cruzamento (uma linda bola sem peso) para o gol do garoto Gabriel, e outros jogadores vão crescer durante as competições (Liga e Estadual).
Temos goleiro!
Um time de 'meninos' ajudou o Clube.
Muito pra ser trabalhado, muito pra ser aproveitado, muito para o pouco que se esperava desse 'azarão' com juba.

domingo, 24 de janeiro de 2016

Dignidade roubada



Tenho ouvido e lido, nas rede sociais, que os funcionários do Avaí estão com uma greve marcada para essa segunda feira.
O que escrever sobre isso?
Lamentar e esperar uma ação concreta do Conselho Deliberativo do Clube.
Essa 'morte' anunciada de uma gestão falida só nos faz sentir. Sentir muito.
Se as pessoas que trabalham no nosso Clube, assim como os jogadores de 2015 continuam sem ter seus salários em dia, como podemos ter qualquer sentimento que não seja o de tristeza?
Expectativa sobre a Copa Sul Rio Minas? Expectativa sobre o início do Catarinense? Voltar a Ressacada e viver a paixão pelo Clube que amamos está eclipsada a cada notícia de salários atrasados, notícias de trabalhadores que estão sem receber e portanto, sem poder pagar suas contas em dia. A dignidade lhes foi roubada.
E nós Avaianos? Nós precisamos cobrar sim, do Conselho Deliberativo, uma resposta mais do que pra ontem; nós precisamos, com a paixão pelo Clube, ir além dos sentimentos que os jogos do Avaí nos provocam. Nós precisamos cobrar do nosso Clube a 'devolução' da dignidade roubada de cada um que veste a nossa camisa dentro do Clube com seu trabalho e de todos nós, que torcemos pelo Avaí Futebol Clube. Estão usurpando nossos dias de Glória!
Que vergonha! Espero que tudo seja resolvido e que a greve não seja necessária.

domingo, 17 de janeiro de 2016

Capitão na Copa São Paulo não foi integrado ao grupo dos profissionais

Casarotto-volante/Foto Alceu Atherino


Zagueiros Henrique e Gabriel, meia Chapecó e atacante Raphinha já estão integrados ao grupo principal em Gramado. Todos participaram da Copa São Paulo de Futebol Júnior e agora  vão poder mostrar seu valor para o Clube e para a nossa torcida. Desejo aos nossos garotos da base muito sucesso e sei que com trabalho e seriedade vão conquistar seu espaço. São bons jogadores. 

Confesso que estranhei não estar fazendo parte da lista de jogadores que subiram para o profissional o garoto Matheus Casarotto. Volante, chegou ao Avaí quando jogador da categoria Mirim. Passou pelas categorias infantil, juvenil e júnior e está no Clube a 12 anos. Lembro que em 2014 Casarotto fez um estágio na Itália por 15 dias e era considerado pelo Avaí um garoto revelação, inclusive com Clubes brasileiros interessados no futebol desse volante. Fez uma Copa São Paulo muito boa, sendo o  nosso capitão. 
Realmente fica difícil entender porque não foi chamado para integrar o elenco profissional. Afinal, estamos com pouca grana para contratações e temos, em 'casa', um jogador formado desde o Mirim e com muito talento. Tanto que foi o Capitão da nossa equipe. Acredito que o jogador, assim como eu, deve estar decepcionado e sem entender porque não foi integrado aos profissionais do Clube. Só espero não ver Casarotto brilhando em breve com outra camisa que  não seja a nossa. 

sábado, 9 de janeiro de 2016

21 atletas na pré-temporada: Eltinho e Roberto estão fora!



- Lista dos 21 atletas que estarão na pré-temporada em Gramado: 
Goleiros: Renan, Duda e Vitor. Zagueiro: João Filipe. LD: A. Krobel e Renato. LE: Paulinho, Lucas Lovat e Vitor Costa. Volantes: Judson, Braga e Renato. Meias: Diego Jardel e Caio Cesar. Atacantes: Willian, Romulo, Lucas Fernandes, Iury, Tauã, Toshi e Wilker. Atletas se reapresentam amanhã às 8h e embarcam às 8h45.
- Departamento Médico: Marquinhos e Elivelton
- Sobre os atrasados: diretoria do Avaí conversou hoje (sexta-feira) com os atletas e pagamentos serão efetuados na terça-feira.
- Fernando Gil  é o novo auxiliar técnico do Avaí. Profissional retorna para trabalhar ao lado de Raúl Cabral e Evando.
- Agnello Gonçalves é o novo gerente de futebol do Avaí. 
As informações acima são do jornalista Guilherme Hames da Rádio Guarujá.

Notas da Blogueira:
- Eltinho e Roberto: não embarcam com os demais atletas. Apurei que o Diretor de Futebol do Avaí já entrou em contato com o empresário dos jogadores avisando que eles não fazem mais parte dos planos do Avaí para 2016 e estão liberados para procurar novos Clubes. 
- Salários: o Avaí está devendo 5 meses. Fico feliz com a notícia de que nessa terça o Clube vai efetuar o pagamento dos atrasados para os jogadores.